Algumas diretrizes para uma Política Orçamentária.

  • O período do orçamento coincidirá com o ano fiscal.

 

  • Considerando as particularidades das operações, o método a ser utilizado será o de confronto entre receitas e despesas operacionais, considerando ainda os dispêndios com os investimentos nas atividades, buscando dessa forma o equilíbrio entre o orçamento proposto e compromissado com o Planejamento Estratégico, e a avaliação da realidade operacional e econômico-financeira.

 

  • O Principio da austeridade estará presente em todas as fases do planejamento orçamentário, devendo cada gestor de centro de custos garantir sua parcela de contribuição no rigor com que as projeções serão feitas, buscando maximizar o resultado e permitir que todos participem dos frutos colhidos.

 

  • Não haverá distinção dentro do quadro de colaboradores da empresa, devendo, portanto, todos se submeterem as premissas de maximização dos resultados, as quais são aderentes ao pensamento do Conselho de Administração.

 

  • A Controladoria será a guardiã do orçamento, devendo angariar as projeções individuais e consolida-las em forma de uma peça única.

 

  • O Superintendente terá absoluto poder e autoridade sobre o orçamento, podendo sugerir mudanças, aperfeiçoamentos e reenquadramentos sobre todos as peças que compõem o orçamento, submetendo-se apenas ao Conselho de Administração.

orçamento

  • O gestor do orçamento elaborará e divulgará o padrão de critérios que será utilizado pelos responsáveis das Áreas no preenchimento dos dados para elaboração do orçamento através de um Manual de Normas e Procedimentos para a Elaboração de Previsões Orçamentárias.

 

  • A elaboração da previsão de gastos será descentralizada e a consolidação e validação será centralizada.

 

  • A elaboração e validação da previsão de receitas será centralizada.

 

  • O orçamento abrangerá:

 

  • Dispêndios com os investimentos das atividades.
  • Gastos/Custos operacionais.
  • Despesas administrativas da empresa.

 

  • Em relação ao grau de análise o orçamento deve possibilitar a previsão e acompanhamento no nível de detalhe definido pelos níveis decisórios e gerenciais:orçamento
    • Atividades de custeio
    • Naturezas de gastos

 

  • O orçamento contempla o prazo previsto no Planejamento Estratégico, com horizonte anual, sendo que o ano em análise será detalhado mensalmente.

 

  • O orçamento é derivado das diretrizes do Planejamento Estratégico definidas pela Direção e levará em consideração as expectativas de retorno, os dados históricos, o plano de novos negócios, inclusive quanto a Política de Distribuição de Dividendos, a conjuntura econômica e as oportunidades de mercado em termos de Contratos Especiais.

 

Somos uma consultoria especializada em implantação de Orçamento Empresarial, o qual é uma ferramenta imprescindível para o sucesso do seu negócio. Entre em contato conosco para entendermos melhor suas necessidades.

 

[whatsapp]