Unilever compra empresa Mãe Terra, de produtos saudáveis

Como se Faz - Fachada da fábrica da Unilever em Vinhedo, São Paulo (Exame.com/Karin Salomão/Divulgação)

Como se Faz – Fachada da fábrica da Unilever em Vinhedo, São Paulo (Exame.com/Karin Salomão/Divulgação)

A Unilever acaba de anunciar a compra da marca brasileira de snacks naturais e orgânicos Mãe Terra, por um valor não divulgado.
Criada em 1979 pelo empresário Alexandre Borges, a empresa crescia a taxas superiores a 30% ao ano, com um portfólio que inclui cereais, biscoitos, snacks e produtos culinários. O perfil da companhia, aliado ao potencial de mercado, foi o que teria motivado a compra.
De acordo com a Euromonitor, o segmento tem valor estimado em mais de oito bilhões de euros no Brasil. O país é o quinto maior mercado de alimentos e bebidas saudáveis no mundo, com 79% dos consumidores considerando saúde e nutrição como prioridades.
A marca crescia graças ao aumento de ofertas, como barras de cereais e produtos assinados pela Bela Gil, combinado ao esforço em expansão logística, diz relatório da Euromonitor. Com a Unilever, a expansão deverá ser ainda mais rápida.
Fernando Fernandez, presidente da Unilever Brasil, afirma em comunicado que a aquisição fortalecerá o portfólio da gigante por aqui “permitindo que aceleremos nossa expansão nos segmentos naturais e orgânicos que crescem de forma importante”.
Alexandre Borges, CEO da Mãe Terra, afirma que com a aquisição a Unilever vai “acelerar a missão de trazer alimentos naturais e orgânicos a um número maior de pessoas no Brasil”.
Borges continuará como diretor geral da companhia, que será gerenciada pela nova dona.

Valor do negócio não foi divulgado pelas companhias.

 

www.exame.com.br

[whatsapp]