fbpx

O que é Due Diligence?

Due diligence é um termo bastante utilizado em negociações de empresa, tanto aquisições quanto fusões. Normalmente a due ocorre em etapas mais avançadas de negociação. 

A due diligence, que pode ser traduzida como diligência prévia, é uma auditoria detalhada de uma empresa, normalmente uma empresa que está em processo de venda ou fusão. E tem como intuito verificar diversos aspectos da empresa, da gestão e dos números da empresa. Ela diferencia da auditoria independente, por exemplo, por focar em aspectos que o contratante deseja saber, além do padrão de auditoria de demonstrativos contábeis.

A due diligence é comum em processos de fusão e aquisição de empresas, ela costuma acontecer por necessidade do comprador, que busca através dela confirmar se as premissas que está utilizando no valuation e negociação são verídicas, além de verificar potenciais riscos e contingências do negócio alvo.

A due pode abranger aspectos financeiros, contábeis, previdenciários, trabalhistas, imobiliários, jurídicos, tecnológicos, ambientais e outros. Na prática a due diligence é feita sob qualquer dado que o contratante deseja saber.

As análises mais recorrentes são:

1) Due financeira, que busca validar as movimentações de caixa da empresa;

2) Due contábil, que busca validar os demonstrativos contábeis e os indíces de lucratividade, patrimônio da empresa e endividamento;

3) Due trabalhista, que busca validar os riscos trabalhistas e se a empresa atua de maneira responsável e de acordo com as leis trabalhistas, assim como se a empresa está em dia com todas obrigações e encargos trabalhistas

4) Due fiscal, que busca validar os riscos fiscais da empresa e se a empresa atua de maneira responsável e de acordo com as leis fiscais, assim como se a empresa está em dia com todas obrigações fiscais;

5) Due jurídica, que busca validar riscos jurídicos, assim como analisar todas ações da empresa.

A due diligence pode abranger outras áreas como falei anteriormente, por exemplo validar se a base de clientes cadastrados que a empresa afirma ter é de fato uma base sólida e com potencial de vendas, ou por exemplo uma due ambiental, para analisar se a empresa possui políticas e práticas sustentáveis e de acordo com as leis do setor. A due diligence pode abranger mais ou menos áreas, de acordo com o perfil e porte da empresa analisada.

A due diligence costuma ser realizada por empresas de auditoria e tem um prazo médio de 2 a 6 meses, dependendo da complexidade do negócio. Os principias resultados da due diligence são:

1. A confirmação, ou não, dos dados financeiros-contábeis da empresa avaliada;

2. Levantamento das práticas de gestão da empresa e a concordância com as boas práticas de gestão;

3. Indicação de valores que podem não refletir a realidade de lucratividade, caixa e patrimônio;

4. Além de pontuação de riscos e contingências que a empresa avaliada pode estar sujeita.

Para empresas que tem como objetivo uma futura negociação é imprescindível iniciar um diagnóstico sobre suas informações e práticas para se preparar para organizar a empresa, e quando realizar uma due diligence ter um parecer favorável e com baixo risco. Somos uma consultoria especializada em processos de fusões e aquisições e já participamos de dezenas de due diligences. 

Quer saber mais acesse o link:

Quer saber mais?

Acesse outros materiais relacionados a fusões e aquisições de empresas através dos nossos artigos e vídeos gratuitos, disponíveis em nosso canal do YouTube.

BAIXE GRÁTIS NOSSO E-BOOK

Um ebook completo com os 7 principais métodos de Avaliação de Empresas (Valuation).

Em seu conteúdo tem os principais conceitos, exemplos, aplicações e um maior detalhamento sobre o fluxo de caixa descontado (método mais utilizado) o custo de oportunidade (WACC) e Gestão Baseada em Valor.

Veja mais conteúdo em vídeo