fbpx

JOINT VENTURE - Conceito, principais aplicações e passo a passo da operação.

Uma joint venture é um novo empreendimento controlado em conjunto por duas ou mais empresas. Esse novo negócio é criado através de um acordo contratual em que duas ou mais partes se comprometem à realização de atividade econômica que está sujeita ao controle conjunto.

Normalmente as empresas controladoras são de segmentos diferentes, mas que possuem complementariedades.

As principais atividades da joint venture: marketing, vendas, operações, lucros e responsabilidades são divididos entre suas controladoras.

As principais aplicações para se criar uma joint venture são:

Novos mercados – é quando uma empresa já domina um produto ou serviço, ou seja, tem uma expertise e quer entrar em um novo mercado que possui grandes diferenças de seu mercado atual (como um outro país por exemplo). Assim ela mapeia e procura um player que já domina bem esse mercado e propõe a criação em conjunto de uma nova empresa – a joint venture – onde uma delas adiciona o know-how do produto e a outra adiciona a experiência local em marketing, vendas, relacionamento, operação e entrega – gerando assim uma nova entidade com a sinergia das duas.

Uma outra aplicação é de novos produtos – esta é parecida com a anterior, mas é quando a empresa que domina um mercado local e vê uma oportunidade de produto ou serviço que ela não tem know-how, ela mapeia empresas do mundo todo, que ainda não está no seu mercado local, e propõe a criação de joint venture unindo o conhecimento do seu mercado com o produto/serviço da outra empresa.

Outras aplicações estão relacionadas com oportunidades de mercados que podem ser atendidos por tecnologia ou logística por exemplo.

Passo a passo da operação:

1. Entendimento das estratégias de complementariedade (mercado, produto, tecnologia por exemplo)

2. Identificação e mapeamento do mercado alvo

3. Mapeamento das empresas do mercado alvo escolhido

4. Assinatura do documento de intenção da Joint Venture e confidencialidade entre as empresas

5. Elaboração do plano de negócio da nova empresa Joint Venture – essa etapa é fundamental para verificar a viabilidade da nova empresa, pois pode ser que o negócio não pare de pé

6. Definição dos papéis de cada empresa (marketing, comercial, operação, entrega, atendimento, administração, financeiro e investimentos)

7. Elaboração do memorando de entendimento (MOU) com todas as características na nova empresa

8. Formalização jurídica da operação

9. Execução da implantação da nova joint venture

Várias empresas estão ainda na frente, então não perca as oportunidades, somos uma consultoria especializa nessa busca por empresas complementares e operacionalização da joint venture, com vários cases de sucesso.

Quer saber mais sobre valuation e processos de fusões e aquisições, acesse:

Tem mais alguma dica ou tem alguma dúvida, entre em contato comigo, só clicar abaixo:

Jaziel Pavine de Lima

jaziel@valorebrasil.com.br

Baixe Grátis nosso e-book

O que todo empresário precisa saber antes de vender uma empresa?

Surgiu a oportunidade de vender uma empresa? Vai com calma…

Saiba quais são as 10 ações essenciais que devem ser tomadas antes de vender uma empresa.

 

Quer saber mais?

Acesse outros materiais relacionados a fusões e aquisições de empresas através dos nossos artigos e vídeos gratuitos, disponíveis em nosso canal do YouTube.

Veja mais conteúdo em vídeo